Grupo Discos Brasil 2

Grupos do Google Participe do grupo Discos Brasil 2
E-mail:
Visitar este grupo

AVISOS

AVISO 01/06/13:
Todas as postagens de 2013, links revisados estando todos funcionando e sem protetor de link.

AVISO 01/01/2013
Todas as postagens e repostagens serão realizadas a partir de 01/01/2013 e você pode conferir na coluna a Direita : ACERVO DISCOS BRASIL 2.

domingo, 2 de junho de 2013

Dona Edith do Prato: Vozes da Purificação


Título : Vozes da Purificação
Artista : Dona Edith do Prato
Data de Lançamento : 2003
Selo : Quitanda / Biscoito Fino

FAIXAS:
01- Abertura e Cavaleiro
02- Quem Pode Mais / Dona da Casa / Eu Vim Aqui
03- Marinheiro Só
04- Casa Nova / Raiz
05- Tombo do Pau
06- Samba Numerado
07- Ariri Vaqueiro
08- Senimbú e Calolé
09- Ai Dindinha
10- Minha Senhora / How Beautiful
11- Santo Amaro ê ê
12- Viola Meu Bem
13- Vivas

Participações Especiais: 
Maria Bethânia - Faixa 2; 
Cortejo Afro - Faixa 6; 
Roque Ferreira  - Faixa 7; 
Nené Barreto - Faixa 9; 
Caetano Veloso - Faixa 10; 
Erlon Portugal - Faixa 11.

As Vozes da Purificação são: Elza Oliveira, Heda Barretto, Nené Barretto, Odília Silva, Olandina Pereira, Sídia Barretto, Zilda Ramos. Com participação de: Camila Mutti e Mariene de Castro.


Nota: Nas palavras do poeta Hermínio Bello de Carvalho, Dona Edith do Prato é uma espécie de cartão postal sonoro da Bahia. Nascida há 87 anos em Santo Amaro da Purificação, região do Recôncavo Baiano, Dona Edith surgiu para a música brasileira há exatas três décadas, com uma participação indelével no disco Araçá Azul, de Caetano Veloso.Na faixa de abertura do álbum, Dona Edith fazia o que mais sabe: entoar samba de roda (no caso Viola meu bem, D.P.) e raspar a faca no prato, num suingue personalíssimo que lhe valeu o nome artístico. A partir daí, Dona Edith tornou-se referência para diversas gerações de cantadores. 



Postagem Original: 25/10/11 - 08:14H 

Sérgio Santos : Aboio


Título : Aboio
Artista : Sérgio Santos
Data de Lançamento : 1995
Selo : Saci

FAIXAS:
01- Toada Mineira
02- Fonte
03- Folia de Reis
04- Aboio
05- Parlenda
06- Sabiá Laranjeira
07- Jongo de Mãe Preta
08- Estrela da Madrugada
09- Três Formas de Choro Para Uma
10- Quermesse
11- Ciranda
12- Decisão
13- Coração do Rei Nagô


Postagem Original: 02/06/13 -  02:25H

Sérgio Santos : Iô Sô "Sérgio Santos"

Título : Iô Sô Sérgio Santos
Artista : Sérgio Santos
Data de Lançamento : 2008
Selo : Biscoito Fino

FAIXAS:
01- Abertura
02- Senhora do Rosario
03- Marimba
04- A Caixa Bateu
05- Iô Sô
06- Guia
07- Carreiro de São Thiago
08- Falange
09- Toada Cabocla
10- Congadeiro
11- Corpo
12- Gunga do Tizumba
13- Saluba
14- Visita



Nota: O CD “IÔ SÔ” do compositor Sérgio Santos é uma leitura de uma das mais belas manifestações da cultura de origem africana no Brasil: o congado. Sérgio já visitou as influências da música negra brasileira em “Áfrico – quando o Brasil resolveu cantar”, prêmio Rival-BR como o melhor CD do ano de 2002, e tido pela crítica como um trabalho de referência. Agora o compositor revisita o tema, dessa vez focado em sua terra mineira. Tendo como principal eixo a fé dos escravos e dos negros libertos em Nossa Senhora do Rosário, o congado antes de ser uma manifestação folclórica ou musical, é uma manifestação religiosa existente em todo o Brasil e que tem em Minas Gerais uma força de expressão marcante. A necessidade de conviver com os seus mitos de forma dissimulada para não confrontar a opressão branca, e ao mesmo tempo buscando preservar os seus valores culturais, fez com que o negro mineiro, desde o século XVIII tivesse que formalizar as suas crenças através do modelo cristão. Daí a devoção à Nossa Senhora do Rosário, baseada no mito e no rito da retirada de sua imagem do mar pelo bater de seus 3 tambores sagrados.

É essa realidade que o compositor – há um ano pesquisando para escrever as letras, já que a música, apesar de contar com muitos elementos é simples - busca retratar nesse trabalho, reproduzindo a sonoridade típica dos tambores do congado, com suas caixas, seus patangomes e suas gungas, mas recriando em suas composições a riqueza que o material musical dessa manifestação cultural oferece. Mais que reproduzir o que o congado já tem, trata-se de uma tentativa de utilização de seus códigos enquanto fonte de criação. Isso gera uma música diferente e criativa, que ao mesmo tempo que procura respeitar as suas raízes originais, se compromete com as novidades que esse caminho pode oferecer. Isso justifica a presença do piano de André Mehmari, da percussão moderna de Marcos Suzano, da bateria de Tutty Moreno, do violão de Sílvio Damico, do contrabaixo acústico de Rodolfo Stroeter, das flautas de Andréa Ernest Dias, da sofisticação própria de uma orquestra de cordas, tudo somado à percussão típica do congado de Sérgio Silva. O violão originalíssimo do compositor, sua interpretação vocal, além da criação de todos os arranjos garantem a unidade e a marca registrada do trabalho. As letras, que percorrem o universo mágico do congado, são divididas entre Paulo César Pinheiro e Sérgio Santos, sendo 9 desse e 5 de Paulo César, um dos ícones da poesia musical brasileira. Para coroar, há as participações especialíssimas de Joyce e Dori Caymmi, que emprestam suas belíssimas vozes às composições de Sérgio.

Fonte: Biscoito Fino
Postagem Original: 26/10/11 - 14:43H

Sérgio Santos: Áfrico "Quando o Brasil Resolveu Cantar"


Título : Áfrico "Quando o Brasil Resolveu Cantar"
Artista : Sérgio Santos
Data de Lançamento : 2002
Selo : Biscoito Fino

FAIXAS:
01- Vem Ver (Abertura)
02- Galanga Chico-rei
03- Oluô
04- Ganga-Zumbi
05- Kêkêrêkê
06- Sincretismo
07- Vem Ver (Vinheta 1)
08- Olorum
09- Nagô
10- Saruê
11- Gongá
12- Vem Ver (Vinheta 2)
13- Quilombola
14- Áfrico
15- Quitanda das Laôs
16- Jongo de João Congo
17- Nossa cor
18- Vem Ver (Vinheta Final)



Nota: Em seu terceiro CD, Áfrico, o violonista, compositor e cantor Sérgio Santos selecionou 14 faixas, quase todas com trabalhos feitos com Paulo César Pinheiro, uma parceria iniciada há quase dez anos, e que já rendeu 180 composições. Sérgio assina sozinho letra e música de Nossa Cor, além da vinheta musical Vem Ver, que aparece quatro vezes no repertório, como uma espécie de fio condutor, sempre com diferentes letras e intérpretes.

O disco é centrado no tema e nos ritmos africanos, destacando a influência negra na cultura e na música brasileira. Com um tratamento instrumental percussivo e ao mesmo tempo sofisticado, Áfrico tem uma sonoridade quase jazzística, devido à utilização de naipes de sopros (Nailor Proveta e Teco Cardoso), piano (André Mehmani) e baixo acústico (Rodolfo Stroeter). O percussionista Robertinho Silva, o baterista Tutty Moreno e o violonista Silvio D’Amico completam este time de feras. A direção musical é de Rodolfo Stroeter e o CD conta ainda com a participação especial dos cantores Lenine, Joyce, Olivia Hime, do grupo instrumental Uakti e do percussionista Marcos Suzano.

“Todas as músicas têm influência nos ritmos de origem afro-brasileira, como jongo, samba, maracatu e afoxé. Alguns outros ritmos do CD foram criados da mistura destes, sempre tendo como referência o violão. As letras falam da trajetória do negro no Brasil, suas religiões e santos, sua cultura e costumes, a comida, a luta e a alegria – o que fez o Brasil se tornar o que é hoje, um país multicolorido, mas essencialmente crioulo” - diz o artista.

Fonte: Biscoito Fino
Postagem Original: 26/10/11 - 12:29H

sábado, 1 de junho de 2013

Os Tincoãs : Os Tincoãs (1976)


Título : Os Tincoãs
Artista do Disco : Os Tincoãs
Data Lançamento : 1976
Selo : RCA Victor


FAIXAS:
01- Oxóssi Te Chama
02- Salmo
03- Ogum Pai 
04- Promessa ao Gantois


Postagem Original: 01/06/13 - 00:22H

Os Tincoãs: Os Tincoãs 1973



Título : Os Tincoãs
Artista do Disco : Os Tincoãs
Data Lançamento : 1973
Selo : Odeon

FAIXAS:
01- Deixa A Gira Girá
02- Iansã, Mãe Virgem
03- Sabiá Roxa
04- Ogundê
05- Na Beira Do Mar
06- Raposa E Guará
07- Saudação Aos Orixás
08- Canto Pra Iemanjá
09- Capela D'ajuda
10- Obaluaê
11- A Força Da Jurema
12- Embola, Embola




NOTA: "este LP é um marco importante da música brasileira, não apenas pela qualidade das músicas, como também pelo arranjo com características de coral feitos a partir de canções oriundas dos terreiros, tendo como base apenas quatro instrumentos: violão, atabaque, agogô e cabaça. Este disco também revela o talento dos componentes como compositores, principalmente Mateus e Dadinho, que assinam a maioria das músicas.
Um dos destaques do disco é "Deixa a gira girá", um ponto de Umbanda, adaptada pelo trio com muito talento (que na verdade foi "apropriado" por J.B. de Carvalho algumas décadas antes), e uma das mais executadas quando se apresentavam em público. Merece referencia também "Iansã Mãe Virgem", "Sabiá roxa", "Na beira do mar", "Saudação aos orixás" e "Capela da Ajuda", que fazem um belo painel da cultura negra do recôncavo baiano. Principalmente a última, que faz referência explícita a uma das poucas construções religiosas da Bahia de estilo católico, mas que cultua e abriga em seu interior rituais da tradição africana.
Com produção musical do maestro Lindolfo Gaya, o LP tornou-se recordista de vendas na ocasião de seu lançamento. Não pelo ineditismo de seu repertório, já que muitos outros discos com temática afro já haviam sido lançados no mercado. O seu diferencial esta na beleza plástica das canções e da perfeita harmonia vocal do grupo, o único no país que conseguiu fielmente traduzir o sentimento e a musicalidade de nossas tradições negras, numa demonstração de afirmação da identidade de uma cultura que nos engrandece e nos faz ver o quanto devemos aprender com ela. Mesmo porque já faz parte de nossa formação, e a ela devemos o privilégio de conviver com esta mestiçagem que tanto nos orgulha e é a responsável pela formação da identidade cultural brasileira. Ouvir o disco dos Tincoãs é reafirmar a certeza de que não seríamos um país tão rico se não fosse a nossa ancestralidade africana, pois ela traduz o mais autentico sentimento de brasilidade que carregamos."

Fonte: Acervo Ayom

Clique aqui e leia sobre Os Tincoãs
Postagem Original: 24/10/11 - 10:44H

Os Tincoãs: O Africanto dos Tincoãs


Título : O Africanto dos Tincoãs
Artista do Disco : Os Tincoãs
Data Lançamento : 1975
Selo : RCA Candem

FAIXAS:
01- Promessa Ao Gantois
02- Dora
03- Salmo
04- Homem Nagô
05- Canto e Danço Pra Curar
06- Sereia
07- Jó
08- Oxóssi Te Chama
09- Anita
10- Ogum Pai


Nota: Diferentemente do álbum Os Tincoãs, O Africanto Dos Tincoãs vem com arranjos mais elaborados, incluindo instrumentos como contrabaixo, sopros e teclados. O tema, em contrapartida, mantém-se o mesmo, além, é claro, da afinadíssima performance vocal do trio, mesmo tendo a substituição de Heraldo, falecido, por Morais, que permanece no grupo somente por aquele ano.

Destaques para as faixas Promessa Ao Gantois, que menciona o famoso terreiro do Gantois em Salvador; Salmo, como o próprio nome diz, cantada em forma de salmo; Homem Nagô, com forte percussão entremeada por violão e contrabaixos extremamente rítmicos; e Canto E Danço Pra Curar, com um arranjo de sopros bem bacana. Mizunfios, taí mais um bate-cacunda dos bons.


Clique aqui e leia sobre Os Tincoãs
Postagem Original: 24/10/11 - 10:43H

Os Tincoãs: Os Tincoãs 1977


Título : Os Tincoãs
Artista do Disco : Os Tincoãs
Data Lançamento : 1977
Selo : RCA Victor

FAIXAS:
01- Atabaque Chora
02- Lamento Das Águas
03- Canto De Dor
04- Chão De Verdade
05- Romaria
06- Deixa A Baiana Sambar
07- Canto Do Boiadeiro
08- Enterro De Iyalorixá
09- Chapeuzinho Vermelho
10- Arrasta A Cadeira
11- Cordeiro De Naná
12- Acará
13- Banzo (Faixa Bônus - Trilha Sonora Da Telenovela Escrava Isaura)



Nota: Depois de gravar o álbum O Africanto Dos Tincoãs, Morais sai do grupo e dá lugar a Badu. Em 1977, essa nova formação grava outro ótimo disco que novamente leva o nome do trio. Neste disco, mais uma vez agrega-se outros instrumentos aos tradicionais percussivos, o que acrescenta sensações às interpretações já bastante catársicas.
Nesse disco, destaco Canto De Dor e Chão De Verdade, de lindas letras e interpretações impecáveis; Canto Do Boiadeiro e Canto De Naná, que mais parecem cantigas de criança; Enterro De Iyalorixá, que traz toda a tristeza da morte de uma iyalorixá (mãe de santo); Chapeuzinho Vermelho, de forte imagem lírica; e Arrasta A Cadeira, samba de roda dos mió.
Além das faixas originais do disco, este link vem com uma faixa bônus a canção Banzo, gravada em 1975, quando o trio ainda contava com Heraldo, para o LP de trilha sonora da telenovela Escrava Isaura.

Clique aqui e leia sobre Os Tincoãs
Postagem Original: 24/10/11 - 10:42H

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Dadinho e Mateus (Os Tincoãs)


Título : Dadinho e Matues
Artista do Disco : Dadinho, Mateus
Data Lançamento : 1986
Selo : CID

FAIXAS:
01- Luanda Ê
02- Angola Vamos Cantar
03- África Blue
04- Quem Vem Lá
05- Flor Do Campo
06- Vovó Clementina
07- Rio Qg Do Samba
08- Muxima
09- Cachoeira (Bahia Lisboa)
10- Namíbia
11- Sou Eu Bahia
12- Óia Lá Muié


Postagem Original: 24/10/11 - 10:41H

domingo, 26 de maio de 2013

Ed Motta e Conexão Japeri



Título : Ed Motta & Conexão Japeri
Artista do Disco : Ed Motta, Conexão Japeri
Data Lançamento : 1988
Selo : WEA

FAIXAS:
01- Manuel
02- Vamos Dançar
03- Lady
04- Seis da Tarde
05- Um Love
06- Baixo Rio
07- Caminhos (Não é só o meu)
08- Parada de Lucas
09- A Rua


Postagem Original: 26/05/13 - 18:55H

sábado, 18 de maio de 2013

Helena Meirelles : Flor da Guavira



Título : Flor da Guavira
Artista : Helena Meirelles
Data de Lançamento : 1996
Selo : Eldorado

FAIXAS:
01- Cambaqua
02- Saudades do Meu Velho Pai
03- Chão Batido
04- Xote Bem-Te-Vi
05- Chuita
06- Limpa Banco
07- O Passo do Tico-Tico
08- Lembrança do Mato Grosso
09- Linda Manhã
10- Flor fa Guavira
11- Vida de Cachorro
12- Carreta Campesina
13- Virgínia
14- Durcelina
15- Tropeiro


Postagem Original: 18/05/13 - 23:12H

terça-feira, 14 de maio de 2013

Côro e Orquestra de Severino Filho: Viva São Jorge



Título : Viva São Jorge
Artista : Orquestra de Severino Filho e Côro
Data de Lançamento : 1956
Selo: Columbia

FAIXAS:
01- 23 de Abril
02- Espada de São Jorge
03- São Jorge Guerreiro
04- Salve Ogum
05- Padroeiro do Brasil
06- Capitão Guerreiro
07- Ogum é São Jorge
08- São Jorge dos Brasileiros




Postagem Original: 23/10/11 - 10:36H

domingo, 12 de maio de 2013

Henry Nirenberg : Percussão Espetacular



Título : Percussão Espetacular
Artista : Henry Nirenberg e sua Orquestra
Data de Lançamento : 196X
Selo : Stereo Hi-Fi Club

FAIXAS:
01- Percussão Espetacular
02- Bahia (Na Baixa do Sapateiro)
03- Feitiçaria
04- Funeral D'um Rei Nagô
05- That Old Black Magic
06- Banzo
07- Tabú
08- Babalú
09- Jungle Drums
10- The Banana Boat Song

Nota: Henry Nirenberg na verdade era o pseudônimo do maestro Lúo Peracchi.


Postagem Original: 12/05/13 - 01:49H

sábado, 11 de maio de 2013

Vicente Celestino em Suas Canções Célebres

capa edição 1957 - com apenas 8 faixas (faixas 1, 2, 3, 4, 7, 8, 9 e 10)

capa edição 1961 e 1970

Título : Vicente Celestino em Suas Canções Célebres
Artista : Vicente Celestino
Data de Lançamento : 1957 / 1961
Selo : RCA Victor

FAIXAS:
01- O Ébrio
02- Rasguei o Teu Retrato
03- Castelos de Areia
04- Noite Cheia de Estrelas
05- Lágrimas e Risos
06- Ave Maria
07- Coração Materno
08- Patativa
09- Porta Aberta
10- Ouvindo-Te
11- Gondoleiro do Amor
12- Matei


Postagem Original: 11/05/13 - 01:38H

sábado, 4 de maio de 2013

Juçara Marçal e Kiko Dinucci : Padê


Título : Padê
Artistas : Juçara Marçal e Kiko Dinucci
Data de Lançamento : 2007
Selo : Tratore

FAIXAS:
01- Padê
02- São Jorge
03- Machado de Xangô
04- Atotô
05- Jatobá
06- Cabocla Jurema
07- Mar de Lágrimas
08- Engasga Gato / Casa Barata
09- Samba Estranho
10- Velha Morena
11- Imitação
12- Batuque Para Ney
13- Bate Baú / Corujá Batuqueira
14- Roda De Samba



Postagem Original: 27/11/11 - 13:31H

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Chapéu de Couro



Título : Chapéu de Couro
Artista : V.A.
Data de Lançamento : 1967
Selo : Phonodisc

FAIXAS:
01- Chapéu de Couro
02- Santo Antonio Padroeiro
03- Gravataí
04- Homenagem a Paulo Afonso
05- Soca Pilão
06- Pescaria em Boqueirão
07- Sanfoneiro do Bom
08- Ratoeira
09- Forró do Zé Raymundo
10- A Dona da Padaria
11- Chapéu Furado
12- Cana Verde
13- A Sanfona do Ceguinho
14- Besouro


Intérpretes:
Faixas 1, 8, 11, 14: Pedro Sertanejo
Faixa 2: Mané Baião e Seus Cangaceiros
Faixa 3: Oswaldinho
Faixa 4: Saraiva
Faixa 5: Zé Maringá
Faixa 6 e 10 : Zenilton
Faixa 7: Coronel Ludru
Faixa 9: João de Pifi
Faixa 12: Clemilda
Faixa 13: Gerson Filho


Postagem Original: 02/05/13 - 20:54

quarta-feira, 24 de abril de 2013

G.R.A.N. Quilombo : Quilombo "Jongo Basam & Capoeira de Angola"



Título : Quilombo ''Jongo Basam e Capoeira de Angola''
Artita : G.R.A.N. Quilombo
Data de Lançamento : 1976
Selo : Tapecar

FAIXAS:
01- A Saracura
02- As Baratas
03- Sabão 
04- Paraibano
05- Ritmo Jongo nº 1
06- Ritmo Jongo nº 2
07- Onde o Saci se Perdeu 
08- Iuna é Mandingueiro
09- Lampião Paraná
10- Eu, Vencedor
11- Ginga Caboclo
12- 3 Toques


Intérpretes por faixa:
Faixas 1, 2, 4, 5, 6 : Mestre Darci
Faixa 3 : Alvarenga
Faixas 7, 8, 9, 10, 11 e 12 : Mestre Carioca


Postagem Original: 10/11/10 - 22:11H

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Helena Meirelles : Helena Meirelles "Histórias & Causos"



Título : Helena Meirelles ''Histórias & Causos''
Artista : Helena Meirelles
Data de Lançamento : 1994
Selo : Eldorado

FAIXAS:
01- Guaxo
02- Amélia Boiadeira
03- Me Pega Por Favor
04- Chalana
05- Fiquei Sozinha
06- Quatro Horas da Madrugada
07- Araponga
08- Flor de Jasmin
09- Cerro Corá
10- Molequinho Malcriado
11- Merceditas
12- Teu Lencinho
13- Fim de Baile
<> Histórias & Causos <>
14- De Boiadas e Boiadeiros
15- Fazenda Jararaca
16- De Boiadeiros e Bordéis
17- Parteira de Si Própria
18- Saudades das Comitivas


P.O. 22/04/13 - 01:16H

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Grupo Zambo : Bahia, Grupo Zambo

Título : Bahia, Grupo Zambo
Artista : Grupo Zambo
Data de Lançamento : 1976
Selo : Discos Marcus Pereir


FAIXAS:
01- Catendê (Louvação ao Deus da Folha Ossain)
02- Sirrum (Axexé de Homenagem aos Mortos)
03- Kiningé (Louvação à Rainha do Mar)
04- Aguemarina (Louvor a Ossain)
05- Dialeto
06- Giló
07- Luna (Homenagem a Mestre Bimba)
08- Salomão (Homenagem a Mestre Pastinha)
09- Origens
10- Reza da Noite e Durê (Candomblé de Nação Angola)




NOTA: Disco raríssimo disputado a fortunas e tapas nos sêbos do Brasil. Eu mesmo entrei em muitas brigas para conseguir esse exemplar! Justifica sua fama por ser procurado exatamente por suas qualidades intrínsecas, tais como delicadeza, qualidade de gravação, seu clima mítico (quase místico), e por ser, talvez, um dos últimos representantes de uma música genuinamente brasileira, devidamente inspirada em suas origens nos terreiros brasileiros. Zambo é um grupo baiano e faz-se aqui a necessária distinção entre música feita na Bahia com música genuinamente baiana, e já faz muito tempo que há um descaso com a música realmente popular, pois muita coisa classificada como música brasileira está na verdade muito longe dos valores musicais e literários da nossa cultura.

Zambo significa mulato, ou seja, a música do branco e do negro aqui se misturam - daí ouvirmos claramente a harmonia existente entre flautas, violas, atabaques e xequerês. A miscigenação racial tem sua correspondência cultural no sincretismo musical e assim, o grupo Zambo faz música da melhor qualidade com o melhor que nossa terra e nossa religião pode oferecer: a pureza e a força de um Brasil ainda por se descobrir em sua fé concretizada nesta delicada jóia musical.

Fonte: Acervo Ayom
P.O. 05/10/11 - 11:04H

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Luiz Gonzaga : São João na Roça (1958)



Título : São João na Roça
Artista : Luiz Gonzaga
Data de Lançamento : 1958
Selo : RCA Victor

01 - São João na roça
02 - Olha pro céu
03 - Noites brasileiras
04 - São João antigo
05 - A dança da moda
06 - Lenda de São João
07 - Maná e Zabé
08 - São João do Carneirinho


Postagem Original: 18/04/2013 -  23:49

terça-feira, 16 de abril de 2013

Academia de Capoeira de Angola São Jorge dos Irmãos Unidos do Mestre Caiçara


selo MMC - 1969
 Selo AMC/Beverly - 1973
capa selo Magazine - 197X
capa selo Copacabana 198X

Título : Academia de Capoeira de Angola São Jorge dos Irmãos Unidos do Mestre Caiçara
Artista : Academia de Capoeira de Angola São Jorge dos Irmãos Unidos do Mestre Caiçara
Data de Lançamento e relançamentos : 1969 / 1973 / 197X / 198X
Selos : MMC / AMC/Beverly / Copacabana

FAIXAS:
01- Capoeira de Angola
02- São Bento Grande
03- São Bento Pequeno
04- Samba de Roda
05- Emburanê
06- Toque de Capoeira de Angola
07- Toque de Capoeira de São Bento Pequeno
08- Toque de Capoeira de São Bento Grande
09- Toque de Capoeira de Santa Maria
10- Toque de Capoeira de Samba de Angola
11- Pisa na Linha Levanta o Boi
12- Alô Mangueira



Postagem Original: 16/04/13 -  22:33

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Conjunto Folclórico da Bahia : Viva a Bahia nº. 2



Título : Viva a Bahia nº. 2
Artista : Conjunto Folclórico da Bahia
Data de Lançamento : 1968
Selo : Philips

FAIXAS:
01- Candomblé de Kêto
02- Samba de Roda
03- Capoeira


Postagem Original: 12/04/13 - 16:16H

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Coleção No Tempo dos Bons Tempos Vol. 2 : Em tempo de Lamartine


Coleção : Coleção No Tempo dos Bons Tempos Vol. 2
Título : Em tempo de Lamartine
Artista : Lamartine Babo
Data de Lançamento : 1972
Selo : Fontana/Phonogram

FAIXAS:
1 - Pot-Pourri: O Teu Cabelo Não Nega / História do Brasil / Linda Morena / Marchinha do Grande Galo / Marchinha do Amor / Grau Dez
2 - Pot-Pourri: Hino do Carnaval Brasileiro / Aí, Hein! / Uma Andorinha Não Faz Verão / Rasguei a Minha Fantasia / Boa Bola / Moleque Indigesto / Ride Palhaço
3 - Chegou a Hora da Fogueira
4 - Isto é lá Com Santo Antônio
5 - Noites de Junho
6 - Quero, Quero
7 - Pistolões
8 - São João à Moda
9 - Babo...seiras


P.O. 01/10/11 - 00:12H
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...